Última hora

Última hora

Espanha: Bancos precisam de 59,3 mil milhões de euros

Em leitura:

Espanha: Bancos precisam de 59,3 mil milhões de euros

Tamanho do texto Aa Aa

Os bancos espanhóis precisam de 59,3 mil milhões de euros. É a conclusão da auditoria independente conduzida a 14 dos grandes bancos do país.

Sete deles não passaram no teste, a começar pelo Bankia.

Pouco após o anúncio das conclusões dos testes de resistência, o governo espanhol adiantou que vai pedir cerca de 40 mil milhões de euros da linha de crédito de cem mil milhões concedida pelos parceiros europeus.

Fernando Restoy, do Banco de Espanha, comentou assim os resultados: “As necessidades de capital estimadas para a totalidade do sistema estão em linha com o que tinha sido apurado na auditoria de junho. O montante global fica aquém da ajuda financeira posta à disposição, pelo memorando de entendimento, assinado em Bruxelas com a União Europeia”.

O Bankia é o que está em pior situação. Precisa de quase 25 mil milhões de euros. Segue-se a CatalunyaCaixa, Novagalicia, Banco de Valência, Banco Mare Nostrum, Ibercaja e o Banco Popular.

Sete bancos passaram o teste. Trata-se do Santander, BBVA, CaixaBank, Banco Sabadell, Bankinter, Kutxabank e Unicaja.