Última hora

Última hora

Síria: Intensidade sem precedentes nos confrontos em Alepo

Em leitura:

Síria: Intensidade sem precedentes nos confrontos em Alepo

Tamanho do texto Aa Aa

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos do Homem confrontos com uma intensidade “sem precedentes” e “em várias frentes” foram registados esta sexta-feira em Alepo, onde os rebeldes anunciaram na véspera uma “batalha decisiva”.

Entretanto o Conselho dos Direitos Humanos da ONU aprovou o prolongamento do mandato da comissão de investigação sobre a Síria e condenou “a multiplicação dos massacres” no país.

“Assad continua agarrado ao poder e sua campanha de brutalidade deu origem a uma profunda crise humanitária. Não nos podemos permitir ficar calados”, declarou a representante norte-americana no Conselho.

O mandato da comissão formada há mais de um ano e dirigida pelo brasileiro Paulo Sérgio Pinheiro terminava no fim do mês. Damasco recusou-lhe o acesso a território sírio mas a comissão recolheu perto de mil testemunhos em países vizinhos para provar que foram cometidos crimes de guerra e crimes contra a humanidade pelas forças governamentais e pelas milícias do regime, nomeadamente o massacre de Houla.