Última hora

Última hora

Rebeldes somalis deixam Kismayu

Em leitura:

Rebeldes somalis deixam Kismayu

Tamanho do texto Aa Aa

Os rebeldes na Somália abandonaram o último bastião.

O porto de Kismayu, no sul do país, foi deixado pelos rebeldes Al-Shabaab, que há cinco anos mantêm uma guerra contra as tropas somalis e da União Africana.

O abandono da cidade portuária foi confirmado pelos porta-vozes do movimento rebelde, que prometem que vão voltar e tomar novamente este posto.

O governo congratulou-se: “Conseguimos pacificar a cidade sem qualquer problema. Estamos contentes que os Al-Shabaab, embora tentando parecer fortes, estão a recuar”, diz o ministro da Defesa, Hussein Arab Isse.

As milícias Al-Shabaab, ligadas oficialmente à Al-Qaeda desde fevereiro, saíram já das principais cidades somalis, incluindo a capital Mogadiscio. A situação parece cada vez mais controlada pelas tropas do governo e da União Africana.

Depois de deixarem Kismayu, estão agora na selva, um pouco mais a norte.