Última hora

Última hora

Síria: Exército continua a bombardear indiscriminadamente

Em leitura:

Síria: Exército continua a bombardear indiscriminadamente

Tamanho do texto Aa Aa

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos do Homem, o exército sírio bombardeou esta segunda-feira as regiões de Deraa e Homs, no sul e centro do país, causando pelo menos seis mortos e continuou os ataques nos bairros rebeldes da cidade de Alepo.

Um atentado suicida com viatura armadilhada abalou domingo a cidade de maioria curda de Qamichli, no extremo norte da Síria, causando pelo menos quatro mortos e vários feridos.

O ataque visou uma instalação do exército.

Este foi o primeiro atentado do género nesta cidade.

Em Alepo, onde se joga a batalha decisiva do conflito há mais de dois meses, o exército continua com os bombardeamentos contra vários bairros, sobretudo no leste.

No sábado, lojas centenárias do “souk” desta cidade, uma joia classificada pela UNESCO como Património da Humanidade, foram destruídas pelas chamas.

Com cerca de 1500 lojas, o “souk” de Alepo era desde há séculos um dos pontos nevrálgicos do comércio no Médio Oriente.