Última hora

Última hora

A lei da difamação para a imprensa foi retirada na Ucrânia

Em leitura:

A lei da difamação para a imprensa foi retirada na Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

O parlamento ucraniano cedeu à pressão dos jornalistas e retirou a lei da difamação para a imprensa que nos últimos dias levantou uma vaga de indignação entre os jornalistas.

Centenas de profissionais manifestaram-se frente à assembleia parlamentar em Kiev apoiados por centenas de ativistas para protestarem contra o que chamam a lei da rolha.

Este jornalista diz que o facto de a lei ter sido retirada não segnifica que o governo não decida repô-la se tiver essa oportunidade e se tiver maioria parlamentar depois das eleições.

O texto aprovado dia 18 de setembro previa uma multa de 8.500 euros para artigos considerados difamatórios e penas que podiam ir até aos cinco anos de prisão.

A correspondente da euronews no local confirma que a lei foi retirada porque mostrou ser muita controversa nesta altura eleitoral mas poderá ser reintroduzida em legislaturas futuras.

No poder desde fevereiro de 2010, o presidente Viktor Yanukovich é frequentemente acusado de fazer pressão sobre os média no país.