Última hora

Última hora

Áustria: 5 anos de prisão para ex-líder regional do partido conservador

Em leitura:

Áustria: 5 anos de prisão para ex-líder regional do partido conservador

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça austríaca aplicou uma sentença de cinco anos e meio de prisão a Josef Martinz por abuso de confiança. O ex-líder regional do partido conservador e outros homens foram condenados num processo ligado à privatização de um banco, em 2007, quando Jorg Haider, cara da extrema-direita na Áustria, era o presidente da região de Caríntia.

O tribunal de Klagenfurt estimou que os honorários de um conselheiro fiscal, Dietrich Birnbacher, na privatização do banco HGAA não deviam ter ultrapassado os 300 mil euros, quando na realidade foram de cerca de 6 milhões e somas avultadas passaram para as mãos dos partidos de direita.