Última hora

Última hora

IKEA retira mulheres dos catálogos da Arábia Saudita

Em leitura:

IKEA retira mulheres dos catálogos da Arábia Saudita

Tamanho do texto Aa Aa

A versão do catalog IKA distribuída na Suécia e a versão distribuída na Arábia Saudita são diferentes e muito polémicos.

Todas as fotografias em que apareciam mulheres foram retiradas da versão destinada à Arábia Saudita do catálogo da Ikea.

A Ikea optou por retirar as imagens com mulheres para respeitar as normas muito restritas do país.

A ministra sueca do Comércio considerou que não se pode, simplesmente, retirar as mulheres da realidade. “É só mais um lamentável exemplo do caminho que a Arábia Saudita tem que percorrer no campo da igualdade de géneros”.

A atitude da empresa sueca merece críticas desta muçulmana que considera que não é por retirarem as fotografias que as mulheres desaparecem da sociedade.

Atualmente, a Ikea distribui 208 milhões de catálogos em 43 países.