Última hora

Última hora

Itália: Político do partido de Berlusconi preso por desvio de mais de um milhão de euros

Em leitura:

Itália: Político do partido de Berlusconi preso por desvio de mais de um milhão de euros

Tamanho do texto Aa Aa

Franco Fiorito, presidente do grupo parlamentar regional do partido Povo da Liberdade em Lazio foi preso.

O dirigente regional do partido de Sílvio Berlusconi é acusado de desviar dinheiros públicos em benefício próprio.

A procuradoria de Roma abriu há algumas semanas um inquérito contra conselheiros regionais do partido Povo da Liberdade suspeitos de desfalques através de falsas faturas e desvio de fundos.
Em dois anos cerca de seis milhões de euros do erário público foram pagos aos conselheiros do partido sob forma de “fundos destinados ao funcionamento do grupo parlamentar”.

Renata Polverini, presidente da Junta Regional de Lazio e figura de proa do partido Povo da Liberdade,
demitiu-se a semana passada do cargo porque quis
demarcar-se do extenso escândalo financeiro que atinge o seu grupo parlamentar regional.

Foi o agora preso Franco Fiorito, acusado de se ter apropriado de mais de um milhão de euros, quem entregou à justiça os nomes dos parlamentares suspeitos de corrupção.

O dinheiro dos contribuintes terá servido também para financiar festas como a realizada pelo conselheiro Carlo De Romanis que custou cerca de 20 mil euros.