Última hora

Última hora

Geórgia: população contente com reação de Saakachvili face a derrota

Em leitura:

Geórgia: população contente com reação de Saakachvili face a derrota

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição georgiana voltou a festejar a vitória nas legislativas, depois do presidente Mikhail Saakachvili ter concedido a derrota do partido no poder.

Nas ruas de Tbilissi, a população mostra-se satisfeita com a reação do chefe de Estado e espera uma transição pacífica, depois de um escrutínio num clima rodeado de tensão.

Uma residente da capital diz que “como cidadã da Geórgia, agradece ao presidente a atitude saudável face à derrota, algo bom, que só acontece em países democráticos, onde o poder não muda com guerras ou derrame de sangue”.

O líder da plataforma “Sonho Georgiano”, vencedor das legislativas, sugeriu no entanto que Saakachvili devia demitir-se.

Bidzina Ivanichvili disse também que o próximo governo pretende reatar relações com a Rússia, cortadas pela guerra do Verão de 2008, apesar de manter a aproximação à NATO.

Ivanichvili frisou que a sua formação “tem a grande responsabilidade e desejo de normalizar as relações com o maior dos seus vizinhos”, embora reconheça que é algo “controverso” e “difícil” de realizar.

A vitória do “Sonho Georgiano” significa o fim do “reinado” da formação de Saakachvili, que chegou ao poder em 2003 depois da “Revolução Rosa” que levou à queda de Eduard Chevardnadze, anterior líder georgiano e antigo chefe da diplomacia soviética.