Última hora

Em leitura:

BCE pronto a entrar no mercado da dívida


economia

BCE pronto a entrar no mercado da dívida

O Banco Central Europeu (BCE) mantém as taxas de juro inalteradas e está pronto a comprar dívida soberana, assim que estiverem reunidas as condições, ou seja, que um país faça um pedido oficial ao fundo europeu de resgate. A resposta de Mario Draghi visa explicar porque é que o BCE ainda não gastou um cêntimo do programa anunciado no mês passado, quando se mantém a pressão sobre Espanha.

Segundo o presidente do BCE, “o mecanismo implementado é um verdadeiro muro de defesa. As condições não têm de ser punitivas. Muitas estão relacionadas com reformas estruturais, que têm custos sociais, mas também grandes benefícios sociais. Se forem bem pensadas, os benefícios serão superiores aos custos”.

Na reunião, realizada de forma excecional na capital eslovena, o BCE manteve a taxa de referência inalterada em 0,75%.

A instituição, que subir a inflação em setembro para 2,7%, decidiu não agir, apesar dos dados económicos da zona euro apontarem para uma recessão neste terceiro trimestre.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

economia

Espanha vende dívida com taxas mais baixas