Última hora

Última hora

Abu Hamza extraditado para os EUA após 8 anos de impasse judicial

Em leitura:

Abu Hamza extraditado para os EUA após 8 anos de impasse judicial

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça britânica põe fim a um impasse de oito anos sobre a extradição de Abu Hamza para os Estados Unidos.

O Supremo Tribunal rejeitou hoje o último recurso do imã radical, depois do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem ter dado luz verde, em setembro, à transferência de Hamza para território norte-americano.

O antigo imã da mesquita de Finsbury Park, em Londres, tinha sido detido em 2004, acusado de incitamento à morte de não muçulmanos.

Hamza, assim como outros quatro suspeitos, são igualmente acusados nos Estados Unidos de envolvimento num sequestro no Iémen em 1998 e de tentativa de criação de um campo terrorista em território norte-americano.

Nos últimos oito anos, Hamza tinha interposto vários recursos contra a sua extradição, o último apresentado há uma semana, foi rejeitado hoje pelo supremo tribunal.

As autoridades britânicas afirmam que o imã será transferido o mais rapidamente possível para os Estados Unidos. Washington saudou já a decisão do supremo britânico.

Segundo algumas fontes, Hamza e os quatro suspeitos de terrorismo não serão enviados para Guantanamo.