Última hora

Última hora

Mel com cor de M&M's indigna apicultores do norte de França

Em leitura:

Mel com cor de M&M's indigna apicultores do norte de França

Tamanho do texto Aa Aa

Um mel vermelho, verde e mesmo castanho – com cor de guloseimas – amarga desde o final do verão, o quotidiano dos apicultores de Ribeauville, no norte de França.

Uma surpresa que rapidamente se transformou em indignação depois da descoberta de pigmentos de corantes alimentares transportados pelas abelhas.

Alain Frieh, presidente do sindicato de apicultores local, explica, “foi depois de termos examinado as colmeias que constatamos que este fenómeno piorava e que tinha qualquer coisa a ver com o ambiente em redor”.

Em causa está uma fábrica de produção de biogás a partir de resíduos da indústria alimentar, situada a cerca de 100 km de Estrasburgo.

Os pigmentos em questão provêm dos resíduos da marca de chocolates Mars, em particular das conhecidas guloseimas M&M’s, armazenadas em contentores a céu aberto.

Uma tentação para as abelhas e uma dor de cabeça para, Philippe Meinrad, o responsável da instalação.

“Nunca imaginámos que as abelhas fossem atraídas pelos corantes alimentares. Desde a descoberta, passámos a armazenar todos os produtos suscetíveis de atrair as abelhas no interior do hangar”.

Apesar do aspeto original, o mel da região foi totalmente retirado dos mercados. Resta agora esperar que as abelhas de Ribeauville voltem a distinguir as cores, dos corantes.