Última hora

Última hora

Recuo do desemprego são boas notícias para os americanos e para Obama

Em leitura:

Recuo do desemprego são boas notícias para os americanos e para Obama

Tamanho do texto Aa Aa

São boas notícias para Barack Obama: o desemprego norte-americano está a diminuir. Em setembro, o desemprego recuou, de forma inesperada, de 0,3 pontos percentuais. No mês passado, os Estados Unidos registavam 7,8% de desempregados – a mesma taxa que a de janeiro de 2009, pouco depois da eleição de Barack Obama.

O desemprego tem sido um elemento chave da campanha eleitoral para as eleições do próximo dia 6 de novembro.

O candidato republicano, Mitt Romney, tem criticado ferozmente a administração Obama e a sua incapacidade a fazer face ao desemprego.

Segundo o Departamento do Trabalho, este recuo da taxa de desemprego deve-se, não apenas, aos 114 mil empregos criados a mais do que os que foram perdidos, em setembro, mas também a uma revisão dos dados relativos a julho e agosto, com mais 86 mil postos de trabalho criados do que os inicialmente contabilizados.

Estas explicações não convencem, contudo, os republicanos, que alegam eventuais manipulações dos números.