Última hora

Última hora

Turquia e Síria à beira de uma guerra

Em leitura:

Turquia e Síria à beira de uma guerra

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia e a Síria voltaram a trocar hostilidades, com novos ataques turcos a objetivos sírios, depois de um segundo morteiro que caiu no campo, numa zona fronteiriça.
 
Quinta-feira, as forças armadas turcas atacaram vários postos militares sírios, depois do bombardeamento da vila fronteiriça de Akçakale, que fez cinco mortos.
 
O primeiro morteiro, na quarta-feira, atingiu uma casa e matou duas mulheres e três crianças: “Os comerciantes, os cidadãos, as crianças, estamos todos muito preocupados. Ninguém dormiu até de manhã. Penso que o governo fez bem ao retaliar. Se isso não tivesse acontecido, poderia ter sido pior, talvez nos tivessem atacado uma segunda vez”, diz um habitante.
  
O governo reforçou a presença militar na fronteira entre os dois países. 
 
A comunidade internacional teme agora o estalar de uma guerra entre a Síria e a Turquia: “Os membros do Conselho de Segurança da ONU condenaram firmemente o bombardeamento, por parte das forças armadas sírias, da vila turca de Akçakale, que resultou na morte de cinco civis, todos mulheres e crianças, tal como um grande número de ferimentos”, disse o presidente em exercício do Conselho de Segurança, Gert Rosenthal.
  
Em Istambul, milhares de pessoas juntaram-se numa manifestação contra a possibilidade de uma guerra com a Síria e contra o partido no poder, o AKP, que dizem estar ao serviço dos interesses dos Estados Unidos.