Última hora

Última hora

Vatileaks: Ex-mordomo de Bento XVI conhece hoje a sentença

Em leitura:

Vatileaks: Ex-mordomo de Bento XVI conhece hoje a sentença

Tamanho do texto Aa Aa

Paolo Gabriele deve conhecer a sentença este sábado. O ex-mordomo do papa Bento XVI está a ser julgado há uma semana por roubo agravado e incorre numa pena até quatro anos de prisão. Gabriele roubou documentos confidenciais ao Sumo Pontífice e passou as informações a um jornalista que publicou um livro sobre as intrigas da Santa Sé. O réu afirmou que pretendia “combater o mal e a corrupção” no Vaticano.

Para o consultor em Comunicação da cidade-estado Gregory Burke, “a importância deste processo é que o Vaticano está a levar muito a sério um crime de quebra de confiança. Paolo Gabriele até pode ser perdoado mas o Vaticano vai enviar uma mensagem forte acerca do comportamento das pessoas.”

O facto de o ex-mordomo estar apenas a ser julgado por roubo agravado é desvalorizado pelas gentes da igreja católica.

“O Vaticano faz parte da vida normal. É uma organização e este é um homem que não desempenhou as suas funções corretamente. Nada mais. A única coisa estranha é que demorou tanto tempo a descobrir, mas isso foi apenas porque havia confiança, ele era uma pessoa próxima e não havia controlo. Ainda assim, nada vai mudar” – afirma o bispo Uruguai Alberto Sanguinetti.

Alguns observadores estranham que as fugas de informação e os dados revelados no escândalo Vatileaks tenham sido excluídos do processo. As intrigas da Santa Sé vão continuar no segredo dos corredores do Vaticano.