Última hora

Última hora

Filipinas: o fim de 40 anos de guerrilha muçulmana

Em leitura:

Filipinas: o fim de 40 anos de guerrilha muçulmana

Tamanho do texto Aa Aa

O governo filipino terá chegado a acordo de paz com os rebeldes muçulmanos sobre a conturbada zona do sul do país.

Pode ser o fim de 40 anos de conflito entre a Frente de Libertação Islâmica e as forças regulares que causou a morte a 120 mil pessoas.

O presidente Benigno Aquino, anunciou que entre as propostas que conduziram à pacificação do território está a criação de uma entidade de maioria muçulmana no sul da ilha de Mindanao até ao final de 2016.

Para comprovar a vontade política de amabas as partes os rebeldes libertaram 13 pessoas, entre as quais um professor e os seu alunos feitos reféns na ilha desde setxa feira.

Os rebeldes contavam assim ver libertado um dos seus líderes detidos pelo rapto de 79 pessoas.