Última hora

Última hora

Primeiro-ministro turco diz estar "preparado para a guerra"

Em leitura:

Primeiro-ministro turco diz estar "preparado para a guerra"

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo quinto dia consecutivo, Turquia e Síria medem forças na fronteira, agravando, cada vez mais, o receio de um conflito generalizado entre os dois países.

O lançamento de obuses numa área junto à cidade de Akçakale motivou um novo ataque preventivo, por parte das forças turcas, contra a zona de Tel Abyad, onde as tropas de Bashar al-Assad combatem os rebeldes.

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, não hesita em declarar que “é preciso estar preparado para um cenário de guerra, se for necessário. Caso contrário, um Estado ou uma nação não se podem considerar como tal.”

O governo de Erdogan obteve a autorização do parlamento para fazer avançar os militares turcos sobre o território sírio, em caso de ameaça iminente, depois do ataque em Akçakale que resultou na morte de cinco civis.

Na Síria, os episódios de violência sucedem-se. Em Damasco, um carro armadilhado explodiu junto ao quartel-general das forças policiais, matando, pelo menos, uma pessoa.