Última hora

Última hora

Canadá: internautas denunciam agressor de adolescente vítima de "bullying"

Em leitura:

Canadá: internautas denunciam agressor de adolescente vítima de "bullying"

Tamanho do texto Aa Aa

O suicídio de uma adolescente canadiana de 15 anos relança o debate sobre o “bullying”, ou assédio moral, via internet.
 
Amanda Todd pôs termo à vida, na semana passada, depois de ter publicado um vídeo onde denuncia a forma como foi vítima de uma chantagem sórdida.
 
O grupo de internautas “anonymous“ divulgou hoje o nome de um homem de 32 anos, originário do Canadá, que teria convencido Amanda a mostrar os seios, utilizando a imagem para chantageá-la.
 
“O único aspeto positivo é este vídeo que deve ser mostrado aos outros adolescentes para verem o que é sentir-se uma vítima”, afirma Christy Clark, a primeira-ministra da região da Colúmbia britânica.
 
A família da adolescente, que aguarda ainda o resultado da investigação policial, defendeu a divulgação do vídeo de nove minutos gravado por Amanda.
 
Mas a professora Shelley Hymel, tem uma opinião contrária:
 
“Se este vídeo for visto fora de contexto poderemos estar a transmitir uma mensagem diferente, de como se pode ser mais popular morta do que viva, mas se for difundido de forma correta, poderá ajudar a melhorar a perceção do problema”.
 
O agressor acabou por enviar as fotos da adolescente à família e amigos.
 
No vídeo disponível na internet, Amanda lança um pedido de ajuda, depois de ter atravessado a depressão, o álcool, a droga e duas tentativas de suicídio.