Última hora

Última hora

Familiares de vítimas criticam declarações de Karadzic

Em leitura:

Familiares de vítimas criticam declarações de Karadzic

Tamanho do texto Aa Aa

Na Bósnia, familiares das vítimas dos massacres cometidos pelas forças sérvias reagem com amargura à rejeição de culpa de Radovan Karadzic.

Kada Hotic, uma das “Mães de Srebrenica” – que perdeu o filho, o marido e mais de cinquenta familiares -, diz que “com o comportamento que ele demonstra em Haia, não dá qualquer hipótese à criação de qualquer tipo de confiança, necessária para a reconciliação e a coabitação”.

Zumra Sehomerovic, que também perdeu o marido e o filho, afirma que “se a União Europeia ganhou o Prémio Nobel da Paz apesar de ter tolerado o genocídio em Srebrenica, não é uma surpresa que Karadzic acredite que deve também ser louvado”.

Na República Srpska – a República Sérvia da Bósnia – Karadzic é visto como um herói e as reações são, portanto, bastante distintas.

Uma mulher diz que “não haverá Justiça, porque os sérvios nunca conseguem obter Justiça. Todos conseguem julgamentos justos, menos os sérvios. Desejo-lhe o melhor, mas penso que ele não sairá de lá”.

Certo é que, independentemente do veredicto, o julgamento reabre uma das mais profundas feridas da sociedade bósnia.