Última hora

Última hora

Vendas de carros na UE afundam em setembro

Em leitura:

Vendas de carros na UE afundam em setembro

Tamanho do texto Aa Aa

As vendas de carros novos na União Europeia (UE) registaram em setembro a maior queda num ano, segundo a Associação Europeia de Construtores Automóveis (ACEA). Foram vendidos 1,1 milhões de veículos, o que representa uma queda de 10,8% face setembro do ano passado.

O Reino Unido é um dos poucos países que apresenta crescimento. Os maiores mercados registaram quedas com dois dígitos.

A Alemanha recuou 10,9%. França 17,9%. Itália 25,7% e Espanha, sob efeito do aumento do IVA, caiu 36,8%. Em Portugal, a contração das vendas foi de 30,9%.

Poucos são os construtores que não se vêm afetados pela diminuição da procura.

Na Europa produz-se demais e vende-se cada vez menos há cinco anos. Há cada vez mais construtores em dificuldades. O presidente da ACEA e da FIAT, Sergio Marchionne, continua a defende ruma reestruturação europeia do setor.

Devido à crise do euro, a ACEA prevê uma queda de oito a dez por cento nas vendas de carros este ano. Uma tendência de queda que deverá manter-se em 2013.