Última hora

Última hora

Crimes sem fronteiras

Em leitura:

Crimes sem fronteiras

Tamanho do texto Aa Aa

Criminosos que atravessam fronteiras para diluir as pistas e escapar às autoridades.

Todos os anos, na União Europeia, registam-se cerca de 28 milhões de delitos cuja resolução é gerida por um corpo policial de menos de um milhão e meio de agentes. O desafio é ainda maior quando o crime salta de território. Línguas, culturas e sistemas judiciais diferentes dificultam a burocracia dos processos. Começamos por abordar o exemplo do massacre de Chevaline, nos Alpes franceses.