Última hora

Última hora

Integração económica e Espanha em destaque na cimeira da UE

Em leitura:

Integração económica e Espanha em destaque na cimeira da UE

Tamanho do texto Aa Aa

O relatório interino sobre União Económica e Monetária é um dos temas dominantes da cimeira dos chefes de Estado e de Governo da UE, esta quinta e sexta-feira, em Bruxelas.

Mas o possível pedido de ajuda da Espanha volta a pôr em foco a questão da dívida soberana.

“Certamente que a questão das eurobrigações, como forma de mutualização da dívida, é algo vai continuar a ser discutido, mas o Governo alemão permanece muito relutante em seguir nessa direção”, disse à euronews Fabian Zuleeg, economista-chefe do Centro de Política Europeia, em Bruxelas.

O relatório interino apresentado pelo presidente do Conselho, Herman Van Rompuy, centra-se na união bancária, medidas de crescimento e emprego e integração da moeda única; mas poderá ficar ofuscado pela análise da situação em Espanha.

O ministro das finanças alemão, Wolfgang Schäuble, também deverá querer discutir a criação de um “super-comissário” para analisar a qualidade dos orçamentos dos 17 países do euro.

“A ideia de instituir uma figura com poder para reforçar a disciplina orçamental é à partida interessante, mas é preciso questionar quão forte seria esse poder e se cuidaria apenas da disciplina orçamental. Penso que também se deveria discutir o que é possível fazer, a nível europeu, para encorajar o crescimento nos países em crise e para fazer as economias funcionarem melhor”, afirma Fabian Zuleeg.

A agudização dos problemas em países já sob assitência, como Portugal e Grécia, não deixará de ser também analisada, apesar de não estar na agenda.

O correspondente da euronews em Bruxelas, Rudolph Herbert, recorda aos espectadores da euronews que podem “seguir a em direto os principais momentos da cimeira de quinta e sexta-feira, numa emissão partir do estúdio de Bruxelas em que participam analistas e políticos”.