Última hora

Última hora

Queda do desemprego no Reino Unido

Em leitura:

Queda do desemprego no Reino Unido

Tamanho do texto Aa Aa

O desemprego no Reino Unido atingiu, em agosto, mínimos de mais de um ano. A taxa caiu duas décimas para 7,9% e, em setembro, ainda sob efeito dos Jogos Olímpicos, diminuiu também o número de pedidos de subsídios de desemprego.

Os dados surpreenderam os economistas, que esperavam uma estabilização.

O Reino Unido não tinha tantas pessoas a trabalhar desde 1971, quando começaram os registos, e isto apesar da economia estar em recessão.

A queda é um sinal positivo para o primeiro-ministro, David Cameron, mas deverá acentuar as divisões no seio do Conselho de Governadores do Banco de Inglaterra, que está dividido sobre a necessidade de mais estímulos à economia.