Última hora

Última hora

Presidenciais EUA: Obama e Romney trocam "mimos"

Em leitura:

Presidenciais EUA: Obama e Romney trocam "mimos"

Tamanho do texto Aa Aa

No dia seguinte ao segundo frente a frente televisivo em que ambos clamaram vitória, Romney e Obama continuaram a trocar “mimos”.

Perante cerca de duas mil pessoas no estado o Iowa, um Obama totalmente recuperado do desaire do primeiro debate não poupou o adversário.

“Vamos recapitular o que aprendemos ontem à noite. O plano dele para os impostos não faz sentido, o plano para o trabalho não cria empregos, o plano para reduzir o défice aumenta o défice”, afirmou Obama.

Na Virginia, Mitt Romney apontou mais uma vez o dedo à administração Obama evocando que esta não fez nem vai fazer nada.

“Acho que os americanos esperavam que o Presidente dos Estados Unidos fosse capaz de explicar o que irá fazer nos próximos quatro anos, mas ele não é capaz. Ele nem é mesmo capaz de explicar o que fez nos últimos quatro”, disse Romney.

“Mitt Romney tem de ganhar na Virginia. Se não ganhar aqui, como McCain perdeu para Obama em 2008, uma vitória de Romney em novembro parece pouco plausível. As sondagens atuais apontam para um corrida disputada ao palmo até à meta”, refere Stefan Grobe da Euronews.