Última hora

Última hora

Revolução móvel atinge Google

Em leitura:

Revolução móvel atinge Google

Tamanho do texto Aa Aa

A revolução móvel acaba por atingir também a Google. Os resultados da empresa desiludiram os investidores e o erro de publicação criou um vento de pânico.

A Google anunciou uma queda dos lucros no terceiro trimestre de 20% para 2,18 mil milhões de dólares, devido ao quarto recuo trimestral consecutivo das receitas publicitárias na internet. A isto junta-se a queda superior ao previsto das receitas da Motorola Mobility, a empresa comprada este ano.

Sobre o fabricante de telemóveis, o analista Rob Cyran afirma: “As operações móveis da Google tiveram maus resultados. Perderam cerca de 500 milhões de dólares. É mau por duas razões. Primeiro, a Google tem de gastar algum tempo para resolver o problema da empresa. O segundo é que a direção pode estar distraída, com a diversificação do negócio”.

Mas nem tudo é negativo na Google.

O presidente executivo Larry Page evoca uma subida das receitas na divisão de telemóveis. Com os consumidores a trocarem os computadores por “smartphones” e tabletes, a venda de aplicações e publicidade nos telemóveis está a gerar agora anualmente oito mil milhões de dólares. Uma razão que permite à Google ter recuperado já uma boa parte da desvalorização bolsista de quinta-feira.