Última hora

Última hora

Rússia: Uma eleição virtual para reforçar a oposição

Em leitura:

Rússia: Uma eleição virtual para reforçar a oposição

Tamanho do texto Aa Aa

Uma lição de democracia é o que pretende a oposição russa, com a eleição dos seus dirigentes através da internet, este fim de semana.

O objetivo é relançar a mobilização nacional contra o presidente Vladimir Putin. 166 mil pessoas registaram-se para votar através da web.

Um dos organizadores, Sergei Udaltsov, explica:
“Penso que se no nosso país não há eleições normais, se o poder não quer organizá-las, apesar dos protestos de milhares de pessoas, cabe aos cidadãos aprender a organizá-las sem roubos nem fraudes, sem o estado”.

E para os que não têm internet em casa, ou encontram dificuldades com o processo, foram colocadas várias tendas no centro de Moscovo que funcionam como locais de voto.

Cerca de 200 candidatos concorrem nesta eleição para a formação de um comité de coordenação de 45 elementos, que agrupa as várias forças da oposição.

A par do voto, algumas centenas de pessoas manifestaram-se em Moscovo contra a detenção de ativistas de esquerda e em apoio à escolha direta dos líderes.