Última hora

Última hora

Rosneff compra TNK-BP

Em leitura:

Rosneff compra TNK-BP

Tamanho do texto Aa Aa

A Rosneff torna-se a maior companhia petrolífera do mundo.

A companhia estatal russa chegou a acordo com a BP, para um negócio de 42 mil milhões de euros. A BP vende os 50% de capital que detém na TNK-BP, por 13 mil milhões de euros e ações que correspondem a 12% da Rosneff. O grupo britânico deverá depois comprar mais capital, para atingir quase 20% da Rosneff.

Com a absorção da TNK-BP, a Rosneff vai produzir 3,15 milhões de barris de petróleo por dia, à frente da Petrochina, que produz 2,4 milhões de barris diários, e da norte-americana ExxonMobil (2,3 milhões de barris por dia).

O Kremlin já deu a benção ao negócio com a BP, pois permite ao Estado expandir o controlo sobre o setor energético do país.

O analista Neil Sheering, defende: “Ainda não sabemos se para os investidores será positivo a crescente influência do Estado russo sobre um setor tão importante para a economia russa. Eu suspeito que não seja bom. As coisas podem azedar, sobretudo, se os preços do petróleo começarem a cair”.

Num negócio separado, a Rosneff já tinha, na semana, anunciado a compra da outra metade da TNK-BP, ao consórcio de oligarcas russos AAR, por 21 mil milhões de euros.

A TNK-BP era a terceira petrolífera russa. A “joint venture” lucrativa da BP na Rússia acaba devido diferendos entre os parceiros.