Skip to main content

|

De uma forma simplista pode dizer-se que o último debate da campanha presidencial dos Estados Unidos foi ganho por Barack Obama.

É isso que as sondagens realizadas por diversos médias mostram, com Obama a registar uma vantagem significativa sobre Mit Romney.

Mas como ouvimos nas ruas, não é assim tão simples:

“O debate de ontem à noite mostrou que Romney e Obama estão quase em sincronia em termos de política externa”.

“Ouvi um pouco do debate e algumas reações de que Romney concordava com o presidente. Gostaria que ele nos esclarecesse sobre a sua agenda e o que faria de diferente nos Estados Unidos, neste momento.”

Mais objetivamente, o debate foi sobre política externa, numa altura em que são as questões económicas que interessam verdadeiramente os americanos, por isso é difícil prever o efeito que o duelo da Florida terá na escolha dos eleitores.

Romney, por exemplo, criticou a política militar de Obama:

“Eu não cortaria o nosso orçamento militar num bilião de dólares. Isso, em minha opinião, vai tornar o nosso futuro mais incerto e mais inseguro”.

Obama respondeu com Humor:

Penso que o governador Romney se calhar não passou tempo suficiente a olhar para a forma como funciona o nosso sistema militar. Mencionou a marinha, por exemplo, temos menos navios do que tínhamos em 1916. Bom, governador, temos também menos cavalos e menos baionetas, porque a natureza do sistema militar mudou”.

A campanha entra agora na fase decisiva e os dois candidatos continuam taco a taco, nas sondagens nacionais. É a corrida pelos estados mais difíceis que pode fazer pender a balança para um lado ou para o outro. E só já restam duas semanas.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre
|

Login
Por favor, introduza os seus dados de login