Última hora

Última hora

Jimmy Savile: Diretor da BBC ouvido no parlamento - justiça britânica abre processo crime

Em leitura:

Jimmy Savile: Diretor da BBC ouvido no parlamento - justiça britânica abre processo crime

Tamanho do texto Aa Aa

Os alegados abusos sexuais praticados durante décadas pela antiga vedeta da televisão, Jimmy Savile, continuam a pesar sobre a reputação da instituição BBC, no Reino Unido.

Enquanto as autoridades policiais iniciaram investigações e o ministério público anunciou a abertura de um processo crime, a estação pública de televisão nega que tenha dado corbertura a este encândalo sexual.

O recentemente empossado diretor da BBC, George Entwistle, nega ter tido conhecimento do conteúdo da reportagem do Newsnight antes do rebentamento do escândalo, mas enfrentou hoje os deputados britânicos:

“Não há como ligar aquilo que Jimmy Savile fez à cultura e às práticas da BBC nesses anos. Isso destruíria a nossa confiança e reputação. É uma questão muito grave e séria e ninguem pode olhar para ela sem se horrorizar com o facto de estas atividades terem ocorrido durante tanto tempo sem serem detetadas. Claro que lamento profundamente!”, afirmou.

Jimmy Savile, que foi recebido pelo Papa e condecorado pela rainha Isabel por obras caritativas, faleceu em 2011, com 84 anos.

Foi durante décadas animador de emissões na BBC, nas quais recebia crianças e jovens e prometia realizar os sonhos dos espetadores. É suspeito de de ter abusado sexualmente de centenas de jovens.