Última hora

Última hora

Madrid apresenta OE e promete saída da crise em 2013

Em leitura:

Madrid apresenta OE e promete saída da crise em 2013

Tamanho do texto Aa Aa

Madrid quer evitar, a todo o custo, um plano de resgate. O governo espanhol apresentou, esta terça-feira, o orçamento de rigor para o próximo ano.

Para reduzir o défice público e sanear a economia, o ministro da tutela, Cristobal Montoro, anuncia poupanças no valor de 39 mil milhões de euros, em 2013, e uma saída de crise iminente.

“Colocamos os meios necessários para que 2013 seja o último ano de recessão económica, em Espanha; o ano em que se abre à porta à criação de emprego. Não digamos mentiras, não digamos que este orçamento não tem sensibilidade social. Pelo contrário: é o orçamento mais social da democracia espanhola”, afirma o ministro do Tesouro.

No Parlamento, os socialistas, de Alfredo Perez Rubalcaba, não pouparam críticas a um orçamento que consideram enganador, já que se baseia sobre uma recessão de 0,5% em 2013 na qual ninguém acredita. A socialista Soraya Rodríguez não tem papas na língua: “Diria que é uma intervenção mentirosa, pejada de mentiras, para um orçamento muito enganador, porque o quadro macroeconómico está claramente maquilhado, não é exato, não é credível.”

E para demonstrar que o povo espanhol não quer mais austeridade, uma série de manifestações está prevista, para o final do dia, frente ao Parlamento, em Madrid.