Última hora

Última hora

Montanha será o prato forte do Tour 2013

Em leitura:

Montanha será o prato forte do Tour 2013

Tamanho do texto Aa Aa

Numa semana em que o mundo do ciclismo foi abalado pela queda em desgraça de Lance Armstrong, os organizadores da Volta a França anunciaram o percurso para 2013.

A centésima edição do Tour apresenta várias novidades e uma aposta forte nas etapas de montanha, numa tentativa de voltar a colocar o ciclismo nas manchetes, agora pelos melhores motivos.

A primeira novidade prende-se pela partida, na Córsega. Pela primeira vez desde que a criação do Tour em 1903 o pelotão fará uma passagem pelas estradas da ilha francesa.

No regresso ao continente nem por isso os ciclistas abandonam o mar, seguindo de mãos dadas com o Mediterrâneo até aos Pirenéus, onde terão início as verdadeiras dificuldades.

A partir daí, a montanha será o prato forte, atingindo o apogeu numa última semana verdadeiramente diabólica. A 14 de julho, feriado nacional dos franceses, regressa o mítico Mont Ventoux. Apenas quatro dias depois o pelotão terá de subir o Alpe d’Huez… por duas vezes no mesmo dia.

Mais que a etapa de consagração, a chegada a Paris, pela primeira vez com passagem em Versailles, será um verdadeiro alívio para os ciclistas. Os quatro dias que antecedem a etapa final da prova serão marcados por um contrarrelógio e três tiradas de alta montanha.

Letour.fr