Última hora

Última hora

Ultraconservadores americanos: "Quando a vida começa numa violação é por vontade de Deus"

Em leitura:

Ultraconservadores americanos: "Quando a vida começa numa violação é por vontade de Deus"

Tamanho do texto Aa Aa

Quando a vida começa numa violação é porque Deus assim o quer. Esta é a frase que abalou os Estados Unidos, a menos de 15 dias das eleições, e está a suscitar críticas, tanto à esquerda como a direita.

Num debate televisivo, em direto, Richard Mourdock , o candidato republicano a senador do Indiana, foi questionado sobre a vida e o aborto. E a resposta foi direta: “Acredito que a vida começa no momento da conceção. A única exceção em que aceito o aborto é no caso de perigo de vida da mãe. Debati-me muito tempo com a questão e cheguei à conclusão que a a vida é um dom de Deus. E penso que, mesmo quando a vida começa, nessa situação horrível que é a violação, é por vontade de Deus.”

Richard Mourdock pertence ao Tea Party, o movimento ultraconservador republicano, e é visto como favorito na corrida ao senado de Indiana.

Tão ultraconservador que o próprio candidato republicano à Casa Branca se demarcou da opinião de Mourdock. “Não reflete a sua visão”, esclarece o gabinete de Mitt Romney.