Última hora

Última hora

Furacão Sandy deixa Cuba

Em leitura:

Furacão Sandy deixa Cuba

Tamanho do texto Aa Aa

O furacão Sandy está a afastar-se de Cuba, depois de ter pregado um grande susto aos habitantes da ilha.

O furacão causou chuvas torrenciais e ventos que sopraram até aos 175 quilómetros-hora, mas não provocou vítimas nem danos materiais importantes.

Como prevenção, 1700 pessoas foram evacuadas na província de Santiago de Cuba. Ao todo, seis províncias foram colocadas em estado de alerta. Várias centenas de turistas foram convidados a deixar as zonas costeiras.

Antes de atingir Cuba, o Sandy tinha passado pela Jamaica, onde fez um morto.

Na capital, Kingston, mais de mil pessoas foram recebidas num centro de acolhimento de emergência.

O país está, desde quarta-feira, sob recolher obrigatório, para evitar pilhagens e para garantir a segurança.

Também no Haiti, onde o furacão passou antes, uma mulher morreu ao tentar atravessar um rio e causou danos importantes.