Última hora

Última hora

Rebeldes e governo sírio aceitam quatros dias de trégua

Em leitura:

Rebeldes e governo sírio aceitam quatros dias de trégua

Tamanho do texto Aa Aa

Damasco levou tempo a pensar na proposta mas acabou por aceitar um cessar-fogo durante o feriado islâmico.
 
O principal grupo rebelde sírio, Exército Livre da Síria aceitou também a interrupção das hostilidades assim como os restantes grupos de insurgentes,  mas já fez saber que irá responder a eventuais ataques se ocorrerem.
 
A trégua de quatro dias do Eid Al-Adha tinha sido proposta pelo emissário internacional para a Síria, Lakhdar Brahimi.
 
No terreno o dia de ontem foi marcado pela morte de mais 199 pessoas, maioritariamente civis.
 
Também na terça-feira, numa ofensiva para libertar estradas controladas
Ok Rebeldes e governo sírio aceitam quatros dias de trégua
Damasco levou tempo a pensar na proposta mas acabou por aceitar um cessar-fogo durante o feriado islâmico.
 
O principal grupo rebelde sírio, Exército Livre da Síria aceitou também a interrupção das hostilidades assim como os restantes grupos de insurgentes, mas já fez saber que irá responder a eventuais ataques se ocorrerem.
 
A trégua de quatro dias do Eid Al-Adha tinha sido proposta pelo emissário internacional para a Síria, Lakhdar Brahimi.
No terreno o dia de ontem foi marcado pela morte de mais 199 pessoas, maioritariamente civis.
 
Também na terça-feira, numa ofensiva para libertar estradas controladas por rebeldes no norte da Síria, o exército de Assad bombardeou as vilas de Maaret Al-Numan e Mar Shamsheh, segundo relatos do Observatório Sírio para Direitos Humanos, entidade baseada em Londres.
 
por rebeldes no norte da Síria, o exército de Assad bombardeou as vilas de Maaret Al-Numan e Mar Shamsheh, segundo relatos do Observatório Sírio para Direitos Humanos, entidade baseada em Londres.