Última hora

Última hora

Cessar-fogo na Síria violado logo no primeiro dia

Em leitura:

Cessar-fogo na Síria violado logo no primeiro dia

Tamanho do texto Aa Aa

A trégua na guerra civil da Síria durou poucas horas, com fogo de artilharia e bombardeamentos perto da base de Wadi al-Daif, bem como em Homs e nos subúrbios de Damasco, a capital.

Pelo menos três pessoas ficaram feridas por disparos de atiradores furtivos em Deraa, durante manifestações contra o regime, que se alargaram a a outras cinco localidades.

O cessar-fogo deveria ter sido observado durante quatro dias, começando esta sexta-feira, por ocasião da Festa do Sacrifício, uma das mais importantes celebrações religiosas muçulmanas.

A trégua foi proposta pelo enviado especial da ONU e da Liga Árabe, Lakhdar Brahimi, mas tanto o governo como o Exército Livre da Síria prometeram rispostar em caso de violação do cessar-fogo.

Uma facção rebelde, denominada Frente Al-Nusra, tinha dito que não se comprometia com o acordo.

Desde o início da revolução, em Março de 2011, esta foi a segunda trégua a ser rapidamente quebrada.

O mesmo aconteceu em Abril passado e levou ao pedido de demissão de Kofi Annan, o primeiro enviado especial da ONU e da Liga Árabe.