Última hora

Última hora

EUA: Obama e Romney ombro a ombro na corrida presidencial norte-americana

Em leitura:

EUA: Obama e Romney ombro a ombro na corrida presidencial norte-americana

Tamanho do texto Aa Aa

Foi em casa, mais precisamente em Chicago, que Barack Obama votou antecipadamente nas presidenciais norte-americanas, já que o escrutínio está agendado para 06 de novembro.

O presidente cessante e candidato democrata a um segundo mandato na Casa Branca tornou-se no primeiro chefe de Estado a votar antecipadamente numa eleição presidencial norte-americana.

Barack Obama tenta assim sensibilizar os eleitores para que se desloquem às urnas na primeira terça-feira de novembro, numa altura em que pela primeira vez algumas sondagens colocam o candidato republicano Mitt Romney ligeiramente à frente de Obama na corrida presidencial.

Para apoiar a iniciativa do marido, a primeira-dama Michelle foi a convidada de um “talk show”, durante o qual apresentou um “clip” também com o intuito de sensibilizar os eleitores a irem às urnas.

Com o moral em alta devido às últimas sondagens, Mitt Romney fez campanha em Cincinnati, no Estado do Ohio.

Desde 1964 que nenhum presidente dos Estados Unidos conseguiu vencer as eleições sem conquistar este Estado. O Ohio é, mais do que nunca o centro das atenções de democratas e republicanos face à proximidade dos candidatos nas sondagens.

Na corrida pelo financiamento de campanha, Mitt Romney foi o grande vencedor do mês de outubro, conseguindo angariar mais do que o Presidente Obama nos primeiros 17 dias do mês.

Esta campanha eleitoral é já a mais cara da história dos Estados Unidos, com ambos os candidatos a aproximaram-se dos mil milhões de dólares.