Última hora

Última hora

'Spumante' para celebrar condenação de Berlusconi

Em leitura:

'Spumante' para celebrar condenação de Berlusconi

Tamanho do texto Aa Aa

Abriram-se garrafas de ‘spumante’ em Itália para celebrar a condenação de Sílvio Berlusconi por fraude fiscal.

O Povo Púrpura, um movimento anti-Berlusconi empunhou cartazes a dizer “a primeira vez nunca se esquece” enquanto entoava “Berlusconi é um delinquente”, junto à sede do governo em Roma.

A sentença de 4 anos de prisão foi recebida das mais variadas formas pelos italianos.

Há quem considere que “sendo um veredicto em primeira instância ainda vamos ver Berlusconi ser absolvido depois do recurso, tal como aconteceu diversas vezes no passado”.

Outros realçam “o contributo que deu para a humanidade mas que, infelizmente, os juízes sempre o detestaram e perseguiram”.

Tal como sempre, nos últimos 20 anos, a Itália está dividida sobre Berlusconi.

O antigo primeiro-ministro vai recorrer da sentença antes de 10 de abril, o que irá suspender a execução da pena.