Última hora

Última hora

Campanha para a Casa Branca na reta final

Em leitura:

Campanha para a Casa Branca na reta final

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama acelera em direção à Casa Branca, quando a campanha eleitoral entra na reta final.

Empatados nas intenções de voto, os candidatos jogam os derradeiros argumentos, para convencerem os estados mais indecisos.

Barack Obama foi a New Hampshire, dizer aos eleitores que este é um caminho, sem retorno:

“New Hampshire… o país chegou longe demais para que possamos voltar atrás. Não podemos regressar às políticas responsáveis pelo caos. Temos de continuar com as políticas que nos estão a tirar dessa confusão. Temos de caminhar em frente e é por isso que estou a lutar por um segundo mandato, como Presidente dos Estados Unidos”.

Mitt Romney andou pelo Estado da Flórida e voltou a atacar Obama. Acusa o presidente de ter substituído os grandes temas, por assuntos menores:

“Este é um tempo das grandes escolhas, das grandes consequências, é uma grande eleição. O Presidente continua a falar de pequenas coisas, coisas menores. Nós continuamos a falar de coisas maiores. Por isso, este movimento está a crescer em todo o país, é por isso que ele vai varrer a nação, é por isso que vamos ganhar em Novembro”.

A troca de argumentos a subir de tom, quando falta pouco mais de uma semana para as eleições.

Cada vez mais, o discurso dos dois candidatos se centra no apelo directo ao voto.

Os discursos elaborados esgotaram-se, no três debates que opuseram Obama e Romney.