Última hora

Última hora

Furacão entra na campanha eleitoral

Em leitura:

Furacão entra na campanha eleitoral

Tamanho do texto Aa Aa

O furacão Sandy fez-se convidado para a campanha presidencial norte-americana.

Quando falta uma semana para os americanos irem às urnas escolher entre Obama e Romney, a chegada do furacão ameaça atrapalhar a campanha dos dois candidatos, que estão agora a estudar a melhor maneira de lidar com a situação.

O furacão já começou a fazer estragos e deve chegar em força esta noite.

O presidente deu conselhos à população: “Devido à natureza desta tempestade, temos a certeza que este vai ser um processo lento, que vai afetar uma grande parte do país e milhões de pessoas. A mensagem mais importante que eu tenho para a população é que por favor oiçam o que dizem as autoridades do vosso Estado. Se dizem que é preciso evacuar, então é mesmo preciso evacuar”, disse Obama.

Já Romney preferiu apelar à solidariedade dos americanos: “Queria pedir que pensassem em fazer uma doação à Cruz Vermelha, ou outra organização de solidariedade, para que possam ajudar aqueles que forem afetados ou feridos pelo furacão”.

À semelhança de Obama, o candidato republicano preferiu também anular as ações de campanha que tinha previsto para a noite de segunda e para o dia de terça-feira.

Barack Obama tinha uma ação de campanha marcada na Florida, mas anulou a viagem e vai acompanhar o evoluir da situação na Casa Branca.