Última hora

Última hora

Furacão Sandy paralisa Nova Iorque

Em leitura:

Furacão Sandy paralisa Nova Iorque

Tamanho do texto Aa Aa

Nova Iorque é uma cidade fantasma. O presidente da câmara, Michael Bloomberg, tinha ordenado a evacuação das zonas mais baixas da cidade no domingo, uma medida que deveria afetar 375 mil pessoas mas muitas não acataram a medida.

A cidade está parada, os transportes públicos encontram-se paralisados e até a bolsa de Nova Iorque está encerrada durante dois dias, o que não acontecia desde os atentados de 11 de setembro de 2001. Apenas alguns táxis circulam e as pequenas lojas permanecem abertas.

A Guarda Nacional do estado de Nova Iorque foi mobilizada para apoiar a Proteção Civil a enfrentar o furacão Sandy. A população procurou mantimentos, pilhas elétricas ou velas e fechou-se em casa à espera da bonança. As autoridades não registaram por enquanto nenhum movimento de pânico.

No estado vizinho de Nova Jérsia a água já invadiu as ruas de Belmar, uma localidade costeira a norte de Atlantic City, a cidade do jogo da costa leste que tem os casinos encerrados nestas horas de tempestade.