Última hora

Última hora

Nova York à espera do furacão Sandy

Em leitura:

Nova York à espera do furacão Sandy

Tamanho do texto Aa Aa

Vivem-se horas de ansiedade, em Nova York, onde se espera a chegada do furacão, Sandy.

As autoridades têm lançado sucessivos avisos e a população vai reforçando estruturas, para pôr a salvo os seus haveres.

O próprio presidente, Barack Obama entrou nesta operação de informação e, este domingo, deixou um aviso à população.

Isto é para levar muito a sério:

“Esta é uma grave e uma grande tempestade. E a minha primeira mensagem é para todas as pessoas em toda a costa leste do Atlântico, centro e norte, para que levem isto muito a sério”.

Muita gente da Costa Leste, especialmente de Nova York, está a abandonar as suas residências, para escapar aos ventos e às chuvas.

E, para muitos, a experiência não é inédita. Já deixaram as suas casas, noutras alturas similares, como conta um novaiorquino:

“Estamos a sair para Jersey, para a casa da minha irmã, o mesmo lugar para onde fomos, na última tempestade. Acho que esta vai ser um pouco mais intensa do que a última, mas pessoalmente, se não tivéssemos filhos, provavelmente, ficávamos aqui”.

Apesar das previsões e dos avisos das autoridades, as empresas financeiras que atuam em Wall Street garantiram que esta segunda-feira será um dia normal de trabalho.