Última hora

Última hora

Centenas de mortos em período de trégua na Síria

Em leitura:

Centenas de mortos em período de trégua na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

A confirmar as suspeitas dos mais cépticos o cessar-fogo na Síria durou escassas horas.

No mesmo dia em que entrou em vigor, 150 pessoas foram mortas em ataques aéreos e confrontos.

Caças sírios atacaram em Harat al-Shwam uma área residencial a poucos quilómetros a leste da capital.

Este foi um dos ataques mais violentos nos arredores da capital desde o início da utilização da aviação, há três meses.

Também ontem pelo menos 10 pessoas morreram num atentado com um carro-bomba nas proximidades de Damasco.

Desde sexta-feira, dia em que a trégua deveria ter entrado em vigor, mais de 300 pessoas morreram em todo o país.

O enviado especial das Nações Unidas e da Liga Árabe à Síria, Lakhdar Brahimi, está em Moscovo para analisar a crise na Síria, prestes a completar 20 meses e que matou mais de 33 mil pessoas.

Os governos da Rússia, da China e do Irão são os principais aliados do presidente sírio, Bashar al-Assad e que têm impedido o Conselho de Segurança de aprovar sanções contra o regime.