Última hora

Última hora

Furacão já matou 12 pessoas

Em leitura:

Furacão já matou 12 pessoas

Tamanho do texto Aa Aa

A cidade que nunca dorme está às escuras. A electricidade foi desligada em Nova York, por razões de segurança.

Apesar de todas as precauções, registaram-se cinco mortes, no Estado de Nova York, pouco depois da chegada do furacão Sandy.

Mas há, pelo menos, mais duas mortes em Nova Jersey.

As agências avançam que, nos Estados Unidos e no Canadá o furacão já terá feito 12 vítimas mortais.

Foi vista uma explosão que ocorreu, aparentemente, num local onde estão retidos 19 trabalhadores.

O presidente da Câmara de Nova York repete apelos:

“Já passou o tempo para sair de casa. Não saiam, porque ainda é muito perigoso. E a partir de agora até que a tempestade passe, é preferivel ficar abrigado, num lugar seguro. Devem ficar onde estão. Deixem-me repetir: têm de permanecer onde quer que estejam”.

Em Nova Jersey as consequências do furacão são bem visíveis.

Ruas inundadas por águas em fúria, ventos fortes que partem e arrancam árvores e destroem telhados.

A água do mar chegou aos rios que transbordaram.

O vento soprou em Atlantic City a uma velocidade de 130 quilómetros, por hora.

Um empresa de seguros estimou que, nesta altura os prejuízos se elevem já a 20 mil milhões de dólares.

Dois milhões de pessoas ficaram privadas de energia elétrica.

Há um milhão de americanos que deixaram as suas casas, à procura de locais mais seguros.

Nesta altura, pouco há a fazer. Resta esperar que passe o mau tempo.