Última hora

Em leitura:

África do Sul: Mineiros desafiam empresa e continuam greve


África do Sul

África do Sul: Mineiros desafiam empresa e continuam greve

Cerca de dois mil mineiros da Anglo American Platinium, na África do Sul, continuam, hoje, em greve. Os trabalhadores protestam por melhores salários e condições de trabalho.

Os mineiros repudiam, deste modo, o ultimato imposto pela administração para que voltassem, esta terça-feira, ao trabalho, sob ameaça de despedimento coletivo por justa causa.

Os mineiros estão reunidos, pacificamente, em frente das duas maiores minas produtoras de platina, em Rustemburgo, a oeste de Joanesburgo.

Ontem, polícia e mineiros voltaram a envolver-se em conflitos. Com os grevistas a barricarem as estradas de acesso às minas, as autoridades tentaram dispersá-los com recurso a balas de borracha e a gás lacrimogéneo. 13 trabalhadores acabaram por ser detidos.

Nos últimos meses, os mineiros entraram em confrontos com as forças de segurança armadas gerando tensão, feridos e mortos

O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, negou, já, que o país passe por um momento de instabilidade política e social.

Uma posição que parece ser contrariada pelos últimos censos, divulgados terça-feira. O documento mostra que o rendimento de um cidadão
branco é seis vezes superior ao de um negro.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Ucrânia: Acusações de fraude assombram resultado das legislativas