Última hora

Última hora

Ucrânia: Acusações de fraude assombram resultado das legislativas

Em leitura:

Ucrânia: Acusações de fraude assombram resultado das legislativas

Tamanho do texto Aa Aa

O Partido das Regiões, do presidente Viktor Yanukovich, é o vencedor das eleições legislativas, na Ucrânia. Com 98 por cento dos votos contados, o partido no poder conseguiu 30,3 por cento e o partido de Iulia Tomochenko não foi além dos 25,3.

O escrutínio foi marcado por acusações de fraude, com a Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa a tecer duras críticas.

A antiga primeira-ministra, detida há mais de um ano, iniciou uma greve de fome, em protesto contra
o que considera a “falsificação” das legislativas.

Andriy Illienko, do partido ultranacionalista Svoboda, denunciou irregularidades.

“Uma das comissões eleitorais locais apresentou um resultado falso. Tínhamos um original, selado, mas o que eles tinham era uma fraude absoluta “

“Não represento a autoridade que decide se deve ou não admitir uma fraude”, diz o líder distrital da comissão eleitoral Ivan Kartavy. “Só aceitamos os resultados e se não houver correspondência, temos de recontar os votos”, adianta.

As irregularidades nas eleições de domingo levaram já a que a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, apelasse aos líderes da Ucrânia para que “ponham fim ao recuo” da democracia no país.