Última hora

Última hora

Cameron derrotado no parlamento

Em leitura:

Cameron derrotado no parlamento

Tamanho do texto Aa Aa

David Cameron enfrentou, esta quarta-feira a oposição trabalhista e os eurocépticos.

Coligaram-se para votarem contra a proposta de um veto britânico ao Orçamento plurianual da União Europeia.

Como alternativa, sugeriram-lhe que convencesse os restantes parceiros europeus a aceitarem uma redução do orçamento.

O lider trabalhista, Edward Miliband disse que Cameron é tão mau, com John Major:

“Não consegue convencer os dirigentes europeus, não consegue também convencer dentro da sua própria casa. É fraco no exterior, é fraco em casa. É John Major que está de volta”.

O Primeiro-Ministro insistiu no veto:

“A sua posição é completamente incrível. Diz que quer um corte no orçamento da UE, mas não sanciona um veto. Agora, deixo claro, que vou usar o veto, como usei antes”.

O voto do parlamento não é vinculativo

Os dirigentes europeus já estão habituados às reservas britânicas sobre o orçamento.

A questão é antiga. Londres opõe-se sempre a qualquer aumento do orçamento e exige mesmo um cheque compensatório, pelos gastos com a Política Agrícola Comum.