Última hora

Última hora

Começou a limpeza das zonas fustigadas pelo Sandy

Em leitura:

Começou a limpeza das zonas fustigadas pelo Sandy

Tamanho do texto Aa Aa

Os trabalhos de remoção dos despojos provocados pelo furacão Sandy já começaram, especialmente, nas zonas mais afetadas de Nova York e Nova Jersey.

Para a limpeza, é necessário recuperar os meios para esse trabalho.

O abastecimento de água está a ser reposto, para facilitar os trabalhos de limpeza.

As duas outras prioridades são o restabelecimento da rede de saneamento e a reposição do abastecimento de energia elétrica.

Esta quarta feira, ainda havia seis milhões de casas e empresas sem energia.

Outro problema é o destino a dar aos detritos provocados pelo furacão.

Todos os serviços municipais foram afetos a essa missão.

Um motorista da limpeza diz que a operação vai ser demorada:

“É uma catástrofe. Vai levar muito tempo, para se recuperar isto. Pelo menos duas semanas, duas semanas e meia, até se ver qualquer coisa feito”.

Para a manhã desta quinta-feira está prevista a reabertura do aeroporto de Laguardia. Os outros dois que servem a região de Nova York, John Kennedy e Newark já estão a operar, desde quarta-feira.

Para os moradores, é tempo de fazer comparações. E muitas vezes, às desgraças dos furacões, juntam-se outras, da vida:

“Como foi o último, o Irene? Bem, tinhamos tudo empacotado e ficou muita coisa. Desta vez, não empacotei nada, como costumo fazer. Por isso, perdi tudo. Mas achei fotografias do meu neto. Perdi-o, no ano passado. Por essa razão, isto não é nada”, desabafa uma moradora de Nova York.