Última hora

Última hora

Obama e Romney concentram atenções no Ohio

Em leitura:

Obama e Romney concentram atenções no Ohio

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama e Mitt Romney concentram esta sexta-feira os esforços da campanha no Ohio, Estado crucial que pode deter a chave dos próximos quatro anos na Casa Branca.

A importância do Estado é tal, que o presidente tem previstos regressos diários ao Ohio até à próxima segunda-feira.

Em Hilliard, nos subúrbios de Columbus, Obama frisou que “em 2008, [o país] estava no meio de duas guerras e face à pior crise económica desde a Grande Depressão. Hoje, os negócios criaram quase cinco milhões e meio de novos empregos e, esta manhã, ficámos a saber que as companhias contrataram mais pessoas em Outubro do que em qualquer dos últimos oito meses”.

Enquanto Obama preferiu destacar os números positivos do emprego revelados esta sexta-feira, o rival republicano centrou atenções na subida de 0,1 por cento na taxa de desemprego que, para Romney, é uma prova de que a economia do país está “praticamente em ponto morto”.

O candidato republicano sublinhou que Obama “disse que ía descer a taxa de desemprego para 5,2 por cento. Hoje ficámos a saber que ela é realmente de 7,9 por cento, o que significa nove milhões de empregos a menos do que ele prometeu. O desemprego é mais elevado hoje, do que no dia em que Barack Obama assumiu funções”.

Romney deve imperativamente conquistar o Ohio para desalojar o presidente no escrutínio da próxima terça-feira. Caso contrário, terá de vencer na quase totalidade dos restantes Estados-chave.