Última hora

Última hora

Rússia: Medvedev defende Pussy Riot

Em leitura:

Rússia: Medvedev defende Pussy Riot

Tamanho do texto Aa Aa

Dmitry Medvedev considera que as duas jovens do grupo Pussy Riot, condenadas pela oração contra Vladimir Putin, não deviam estar presas e acrescenta, que “se fosse juiz não as tinha condenado”. Os advogados consideram que em vez deste tipo de declarações, o primeiro-ministro russo deveria certificar-se se elas gozam de condições normais de detenção.