Última hora

Última hora

Síria: Explosão no coração de Damasco no dia em que os rebeldes tomaram um campo de petróleo

Em leitura:

Síria: Explosão no coração de Damasco no dia em que os rebeldes tomaram um campo de petróleo

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 11 pessoas ficaram feridas em resultado de uma explosão no coração de Damasco, próximo da sede de um sindicato dominado pelo regime sírio.

O atentado com 50 kg de explosivos ocorreu nas traseiras do hotel Dama Rose, próximo das instalações da União dos Trabalhadores de Damasco.

O hotel serve de casa e escritório a Lakhdar Brahimi, nas visitas à Síria do enviado especial da Nações Unidas e da Liga Árabe.

No dia em que as diferentes fações exiladas da oposição ao regime começam a discutir, no Qatar, a criação de uma frente comum que garanta mais reconhecimento internacional e melhores armas para destronar Bashar al-Assad, os rebeldes terão assumido, pela primeira vez, o controlo de um dos campos petrolíferos da Síria.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos do Homem, os insurgentes tomaram de assalto al-Ward, um grande campo petrolífero na província de Deir Ezzor, no Leste da Síria.

Em Aleppo, viveu-se mais um dia de combates pelo controlo da segunda maior cidade do país.